sexta-feira, dezembro 28, 2007

PARA O ANO HÁ MAIS

Desejo a todos os meus pacientes leitores, um Ano de 2008 cheio de reembolsos dos impostos e das comissões dos Bancos.
Quero mandar daqui um grande abraço ao avô Hilton! É assim mesmo "granda velho"! Ai as gajas portam-se mal? Então toma! Ficam com uns míseros 3% qu'é p´ra não andarem armadas em vadias!
Já cá pelo burgo, não se passa o mesmo: Fizeste merda? Gastaste os 12 milhões? Não faz mal pá! Os clientes pagam!
Até para o ano... compadres... e comadres!

quinta-feira, dezembro 27, 2007

ATIREM-ME ÁGUA BENTA!

"Por ela assalto a caixa de esmolas...
Atirem-me água fria... "
(Em:"VideoMaria" dos GNR)
"Nunes Correia, ministro do Ambiente, não tem dúvidas em afirmar que ser ministro é um trabalho fascinante, em que muitas vezes está só com a sua consciência perante um mundo de vozes que vão pelo caminho da demagogia. Responsável pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional, confia na boa gestão dos muitos milhões que Portugal vai receber".
Entrevista CM: Nunes Correia.
Nota: o realce a negrito é meu!
Boa gestão à moda antiga (jipes, montes alentejanos, iates, investimentos em offshores)? Isso é que é esfregar as mãos!!!
"E sempre foi assim
E sempre assim será
Se a nossa gente não aprender a lição
E quem quiser cantar
As notas da canção
Tem que afinar a sua voz contra o Malhão"
(De: O Malhão de Paco Bandeira)

SERMÕES

Santo António de Lisboa pregava aos peixes! Este prega ao vento!

quarta-feira, dezembro 26, 2007

SERVIÇO PÚBLICO POR EMPRESAS PRIVATIZADAS

No dia 20 passado fiz uma encomenda via Internet, que me seria entregue em casa, à cobrança. No dia 21, às 18:07:37, recebi um sms no meu telemóvel com o seguinte conteúdo: "A sua encomenda foi expedida com o nº ........ e será entregue em 24 horas. Consulte o estado da sua encomenda em http://www.cttexpresso.pt/. Obrigada". Tudo bem! As 24 horas úteis expiravam às 18:07:37 do dia 24. Aguardei, tendo o cuidado de avisar em casa quando saía, que deveria estar a chegar uma encomenda, que tinha o cheque passado em cima da mesa de cabeceira e que era só "toma lá... dá cá". Não senhor! Este foi um dia "À espera de Godot".
No dia 25, resolvi entrar no site do "cttexpresso" e verificar o estado da encomenda: "2007/12/24 - 08.38 - entrega não conseguida. Motivo: destinatário desconhecido na morada. Aguarda nova tentativa de entrega". Pasmei! A minha caixa de correio é mais conhecida que o "Zé dos Plásticos"! Principalmente pelos distribuidores de lixo comercial, quanto mais pelos CTT!
Aguardei até hoje, dia 26. Às 8:00 estava alerta. Nenhum sinal. Às 08:40 fui ver a caixa de correio. Lá estava um aviso entregue às 08:25 a informar que a encomenda poderia ser levantada na estação dos Correios a partir das 15:00 de dia 27! Porquê 27, interroguei-me!
Liguei. "Hoje as estações estão fechadas!" Espalhafatei! Ameacei! Desliguei com a voz do outro lado: "continuação de Boas Festas!". Voltei ao site e verifiquei de novo o estado da encomenda: "2007-12-26 - 08:26 -entrega não conseguida. Motivo: destinatário desconhecido na morada. Avisado na estação de ..................".

Meus amigos!!! Em que é que ficamos? Destinatário desconhecido na morada? Então para quê o aviso? É assim que os CTT trabalham? Entregam um aviso numa caixa de correio desconhecida? Isso não será crime? Vou averiguar e recorrer até onde puder ir! Serviço público assim... não obrigado! Prefiro 100 vezes o das empresas públicas! Dessas já nós sabemos o que esperamos! E não pagamos mais por isso!

domingo, dezembro 23, 2007

FINALMENTE!

Finalmente abriu-se hoje a "porta 65". A teia está tão bem montada, que só com muita teimosia e "ratice" à mistura, se consegue contornar! A candidatura está feita. Esperemos para ver o resultado. Mas, pelo andar da carruagem, muitos mais obstáculos terão que ser transpostos!

sábado, dezembro 22, 2007

E SOBRE O SIMPLEX?

Pegando no "post" anterior, quero ainda dizer que sou do tempo das rendas a cinquenta mil réis, mas há dias que estou confrontado com este problema à custa de um casal jovem, meu amigo, que me pediu que fosse eu a candidatá-los ao "Porta 65", já que, coitados, não têm Internet. Tudo bem! Filmam-se os documentos e faz-se isso! O catano!!!

Primeiro o programa que eu uso para filmar documentos e gravá-los em "pdf" não funciona! Antes de "inventarem" o site do "Porta 65", funcionava! Será coincidência?

Segundo, o site da página mais procurada, a tal da "benesse", esteve ontem quase todo o dia em remodelação, e, quando finalmente hoje a conseguiu abrir, ora não aceitava os dados, ora não deixava enviar, ora expirava! Ai que eu dou um pontapé nesta merda!!!

Conclusão: não consigo candidatar o casal. Sinto-me frustrado, revoltado e com tanta raiva, que tenho uns pontapés bem guardados, não para o meu computador, mais para os "fdp" que nos atormentam a vida!

Tudo isto são coincidências a mais! Qual simplex qual quê? Apetece-me fazer uma "catrefada" de insultos a esses "fdp" que não compensam as vezes que já fui insultado!
Esclarecimento: "fdp" pode significar muita coisa. Não pretendendo ofender esclareço que a intenção foi escrever "formados depois da primavera".

PORTA 65 OU MAIS UM BARRETE?

Este "Porta 65" como "programa de incentivo ao arrendamento jovem" (deixem-me rir à gargalhada!!!) parece-me mais uma brincadeira de miúdos do que uma medida séria. Ou seja: os jovens candidatos a tal "benesse dos mãos largas deste governo" têm que se debater com o "plafond máximo" das rendas que foi determinado, o que, diga-se de passagem, serve na melhor das hipóteses, para arrendar um palheiro na Praia da Tocha, e, durante 15 dias!

Como se isso não bastasse, as candidaturas devem ser formalizadas, única e exclusivamente, através da Internet! Mais umas gargalhadas... e continuemos. Expliquem-me lá como é que, quem não tem dinheiro para pagar renda de casa, pode ter computador? Ainda por cima Internet? É que os "serviços de atendimento" não atendem! Mandam as pessoas para a Internet: "temos ali os computadores... sirvam-se"! Então e o "scaner" para filmar os documentos e tranformá-los em formato "pdf" para depois serem anexados ao processo virtual de candidatura? Falei em virtual? Pois: País virtual, governo virtual, medidas virtuais, candidatura virtual, subsídio... virtual!

Qual é o espanto? Isto é o "simplex" amigos! Imaginem se não o fosse!

terça-feira, dezembro 11, 2007

O GAY DO APITO

video

Fala-se que o caso "Apito Dourado" não terá seguimento nos tribunais. A razão é simples: as instituções que tutelam o futebol em Portugal, teriam que recorrer a este tipo de árbitros, o que parece não agradar a muitos dirigentes desportivos!

quinta-feira, dezembro 06, 2007

CIMEIRA EURO-AFRICANA

Começaram a chegar os intervenientes. Em primeiro Kadafi! Exactamente no dia em que é anunciado que os contadores de electricidade irão ser substituídos. Dizem os entendidos que a electricidade vai aumentar! Pois eu não sou entendido mas também o digo! O sistema de telecontagem, vai funcionar para consumidores domésticos e pequenas empresas. Claro, só podia! Os "barrigudos" continuam à farta! Depois só a quantidade de energia que a barraca do beduíno vai gastar... (porque o frio da noite no Forte de S. Julião não é o frio do deserto líbio) ...bem pode justificar esse aumento!
Gostaria de saber se esta "estadia do beduíno" está incluída no Orçamento do Ministério da Defesa. É que o Forte de S. Julião pertence ao MDN. Lembram-se do Portas que morou lá enquanto ministro? Pois!

ENERGIA SOLAR


Notícia de hoje no "Público Online":

"CARRO SOLAR FAZ VOLTA AO MUNDO
Um professor suíço, Louis Palmer, conduz o seu veículo movido a energia solar..."

E por aqui se fica. Não há mais desenvolvimento. Porquê? Todos sabemos! Infelizmente!




segunda-feira, dezembro 03, 2007

CINISMO

Ainda agora chegou e já entrou no esquema. Assim como os escritos antigos não valem nada se ninguém os ler, também os tratados não valem nada se ninguém os cumprir! Este tratado é uma simples manobra de diversão!

ONDE ESTÃO OS DITADORES?

Aqui está a prova de que, na Venezuela, a democracia funciona. O tique de ditador que tem o Hugo Chávez é comum a todos os políticos com interesses no petróleo. A única diferença é que ele tem-no, e pelos vistos, em abundância!

sexta-feira, novembro 30, 2007

GREVE GERAL

Cumpriu-se hoje, mais uma jornada de luta dos trabalhadores da Administração Pública e como era de esperar, as estatísticas não convergem. Faz lembrar aquela dos dois pescadores: "tira lá um metro à enguia que eu apago a luz do candeeiro". Durante o dia houve fóruns e mais fóruns, que eu ia ouvindo aos "bochechos" e a conclusão imediata a que se chega é que não há consenso por parte dos participantes, sobre a razão ou não de uma greve. "Porque eu sou trabalhador privado, acho que o funcionários públicos têm mais direitos do que eu! Portanto eu não quero que eles tenham direitos, porque eu é que trabalho. Eu pago impostos (será que paga?) para eles terem as regalias". Isto é em traços gerais, o resumo das "bacoquices" dos "invejosos" que teimam em nivelar as coisas por baixo.
Posto isto, impera perguntar:
- De quem é a responsabilidade da falência, deslocalização e fecho de milhares de empresas privadas? Não terão os trabalhadores privados a sua quota de responsabilidade?
Haja senso!

terça-feira, novembro 27, 2007

MÉDIO ORIENTE

Não acredito. Desde 1948 várias personalidades ilustres, sóbrias e inteligentes, o tentaram sem conseguir. Portanto, não será agora!

sábado, novembro 24, 2007

CORRUPÇÃO

É o título do filme que fui ver recentemente. Fui ver porque, primeiro toda a gente me dizia que era um bom filme, segundo porque li o livro "Eu Carolina" e terceiro porque um dos actores principais afirmou num programa de TV que o papel que fazia era de "um presidente qualquer, que podia ser dum clube, duma empresa... etc." Pois... eu confirmei isso no cinema... que o actor mentiu na TV. Com aquela idade e tão ingénuo! Buzinaram-me ao ouvido que ele já esteve na política... pois! Então é por isso!
Mas passemos ao filme: Mau, para não dizer péssimo! Não há ligação entre cenas. A história não é contada. O filme remete as pessoas para a leitura do livro, senão ficam sem saber nada. E o ridículo é que a maioria dos intervenientes afirmou que não sentiu pressões! Mentira! Senão o filme não teria saído a merda que saíu! Salta aos olhos que o "lápis azul" funcionou. Mas, apesar de tudo, salva-se a prestação da Margarida Vila-Nova, bonita e cheia de talento! Quanto ao resto... lixo!

quinta-feira, novembro 22, 2007

FALTA DE POST'S

Certamente que os meus digníssimos leitores estarão a pensar no que é que se terá passado: há quase um mês que não tenho escrito nada! Pois a razão é simples: tenho estado fora e quando regressei, o meu computador não quis responder. Tudo bem! Para a semana espero ter o problema resolvido.
Obrigado a todos!
Um abraço para o Brasil!
And now: Thank you Croatia Footbal Team!!!

sexta-feira, outubro 26, 2007

S. NICOLAU, PADROEIRO DA RÚSSIA





Será que era desta imagem que Putin andava à procura, quando insistentemente, olhava para o ar, tanto no Palácio da Ajuda como no de Mafra? Estou convencido que sim! E a intenção era fazer-lhe uma oração para que rapidamente o livrasse da companhia de todos aqueles lambe-botas que o rodeavam! Mal tinha chegado, já estava farto! Como eu o compreendo!...

LA CAXA MILLENIUM BPI

Toda a comunicação social noticiou hoje, fastidiosamente, as negociatas de dois bancos privados, portugueses ainda, mas com os espanhóis por detrás, que entre opas, fusões e promessas de toma lá uma acção e dá cá duas, têm mantido uma novela mais apreciada que a do Roque Santeiro. Resta saber qual o destino dos 3.000 despedidos que daí vão resultar. Ca**ões!

quinta-feira, outubro 25, 2007

A PREVISIBILIDADE DA POLÍTICA

Dos meus tempos de liceu, lembro-me de haver uma disciplina chamada "Introdução à Política". Se a memória não me atraiçoa, esta disciplina dava a conhecer algumas teorias de grandes pensadores. Na época, porque o pensamento histórico-filosófico não estava muito ao alcance da compreensão de um jovem de 17 anos, ainda por cima acabado de sair dum sistema de ensino duro (que o era antes do 25 de Abril de 1974) aquilo que eu lia ou "estudava" no "Processo Histórico" era qualquer coisa de fascinante! Sabia que a maioria dos pensadores era de origem burguesa, mas de qualquer modo, achava que se aquelas "teorias" fossem postas em prática, a sociedade certamente caminharia para a "quase perfeição". Pensava também que os políticos tinham uma base sólida de formação política para exercerem altos cargos. Puro engano!
Passados todos estes anos verifico que para se ser político, basta ser "empreiteiro" para a política local, ou ter um "canudo" para a política nacional. Por isso a política praticada por estes senhores é tão previsível! Não estudaram política!
Vem isto a propósito do pseudo-tratado de Lisboa: o tratado está feito, mas agora tem de ser ratificado! E como? Pelos parlamentos nacionais ou através de Referendo? É óbvio que a estes políticos europeus previsíveis, só interessa a solução parlamento, porque se não, terão alguns dissabores! Fico á espera que o PR se manifeste, tal como se manifestou aquando do referendo para o aborto, a menos que este assunto não seja "de maior importância para o país".

domingo, outubro 21, 2007

DURÃO BARROSO E O ENSINO BURGUÊS

Quem te viu e quem te vê!

quinta-feira, outubro 18, 2007

INVEJOSOS!

Enquanto decorria a Cimeira Europeia para a Flexisegurança em Lisboa, 180 a 200 mil Portugueses manifestavam-se hoje sob o lema "por uma Europa social-emprego com direitos". Em França, milhares de manifestantes protestavam contra o aumento do tempo de desconto para a reforma (dos 37,5 anos actuais que Sarkozy quer aumentar para 40). E dizem alguns que estamos na cauda da Europa! Não senhor! Muito à frente! Em Portugal, este problema já está resolvido. Em 2013 já vamos "gramar" com os 40 anos e quanto a manifestações contra, já as fizemos. Por isso os Franceses têm muito que aprender connosco! Qualquer dia até estão a reivindicar vencimentos iguais aos nossos! Era o que faltava! Parece que são invejosos! Temos um governante atleta, lá foram eles eleger um igual. Por este andar, qualquer dia querem ter um presidente da Comissão Europeia, ou um Alto Comissário para os Refugiados! Estou mesmo a ver!

quinta-feira, outubro 04, 2007

PRIVILÉGIOS

Tem-se falado muito de privilégios. Desde que o Governo do PS tomou posse, não se tem falado noutra coisa. Privilégios dos políticos, dos magistrados, dos militares, dos funcionários públicos, os privilégios da banca (em relação aos impostos, claro), etc... etc... etc. Ainda hoje foi publicada uma notícia sobre privilégios... Somos um país de priviligiados, pronto! Excepto o Dr. Marques Mendes! Coitado do homem que agora está desempregado! Mas perguntam vocês: então mas ele não é político? Como é que pode estar desempregado? Pois... já que perguntam... têm razão! Não conheço nenhum político que esteja desempregado. Mas estava a falar de priviligiados e eu sou um deles: vou estar um tempo afastado do bulício! Que privilégio! Nada de Internet, trânsito citadino, poluição, horários... Vou recolher-me por uns dias. Vou deixar que o ócio tome conta de mim! Só para fazer inveja!

segunda-feira, outubro 01, 2007

OUTRA VEZ A SIC

A SIC transmitiu há 2 horas atrás, um "documentário" sobre o desaparecimento da menina inglesa no Algarve. Não se viu nem ouviu nada que não se soubesse! Só que a "estória" é contada por um jornalista inglês!... Ainda por cima veio um velho decadente, supostamente ex-inspector da Scotland Yard, "ensinar" os métodos de actuação que a PJ Portuguesa devia ter e não teve! Como se não bastasse termos passado o Verão em sobressalto porque o acontecimento foi e é grave, ainda tivemos que gramar esta?! Mais uma vez a SIC pôs o pé na caca (para não dizer merda)! Um documentário por encomenda, que não trouxe, repito, nada de novo! Já chega!
Basta de subserviência!!!
Gostaria de ver documentários de jornalistas Portugueses, sobre a maneira como os "bifes" tratam os nossos emigrantes. Isso sim! Mandem jornalistas a Inglaterra investigar, se tiverem tomates! E quanto ao suposto "inspector", que ensine a sua polícia a tratar dos "hooligans" e a investigar e encontrar os milhares de crianças que desaparecem anualmente no Reino Unido!

sexta-feira, setembro 28, 2007

QUEM NÃO DEVE... NÃO TEME!

CASAL TEME TER TELEMÓVEIS SOB ESCUTA EM INGLATERRA
Kate e Gerry receiam que os seus telemóveis estejam sob escuta. Esta era ontem à tarde a mais recente de uma nova onda de notícias na imprensa inglesa mais relacionadas com a investigação do que com o drama do desaparecimento da filha vivido pelo casal McCann. A reentrada em cena do assessor Clarence Mitchell, anteontem, coincide com o novo padrão. O ‘The Sun’ fez manchete com o alegado descrédito das provas de ADN recolhidas pela polícia portuguesa. O ‘Daily Mail’ publicou uma notícia sobre rumores contra os McCann que terão começado “horas depois” do desaparecimento de Madeleine. Conclui que “a campanha de difamação falhou e os amigos dos McCann questionam se a polícia procurou verdadeiramente um raptor”. À tarde, o mesmo jornal revelava que o casal temia ter os telemóveis sob escuta e que os seus advogados assumiam que todas as conversações por meios electrónicos não eram seguras. O casal acredita mesmo que essa vigilância começou em Portugal e continua em Inglaterra.
in "Correio da Manhã On-line" de 20 de Setembro de 2007.

quinta-feira, setembro 27, 2007

POR FALAR DE ÉTICA...

Grande exemplo! Tiro o meu chapéu ! "As pessoas têm que aprender".

sexta-feira, setembro 21, 2007

ÉTICA? QUE ÉTICA?

Citando o "Coelhone" do saudoso Contra Informação: "Vou-me chamuscar todo"! Ou então nem tanto! "Talvez saia só um pouco chamuscado". É que nesta matéria eu confesso que só tenho dúvidas. Então é assim: Deve o Bastonário da Ordem dos Advogados patrocinar clientes? Defender causas?
Pela mesma ordem de ideias: Deve o Comandante-Geral da GNR participar (no terreno) nas operações stop? No patrulhamento das povoações? Deve um chefe de Estado de um país em guerra, combater na frente de batalha?
Quando cheira a dinheiro e a fama, manda-se a "Ética" às urtigas? Será que a ética já não é um valor fundamental? Alguém me sabe responder?

quinta-feira, setembro 13, 2007

PATRIOTISMO LUINGUÍSTICO

Há uns anos, numa passagem por uma cidade alemã, desorientei-me e não sabia voltar ao ponto de partida. Não falo alemão e como "arranho" um pouco de Inglês e Francês, perguntei a um transeunte, qual a direcção que devia tomar, porque estava perdido. O indivíduo respondeu-me em Inglês que "não falava para estrangeiros noutra língua que não fosse o Alemão" e que eu para me desenrascar tinha que falar também em Alemão. Agradeci a "amabilidade" e lá continuei, deambulando, até que descobri o caminho de regresso.
Por esta altura, há pessoas da minha família que se deslocam a Espanha. Eu ligo para o Hotel onde estão alojados, através do Skype por ser mais barato, porque essa treta do "roaming" dos telemóveis é uma roubalheira. Como também não falo Espanhol, à primeira tento que me percebam em Português: "non t'endiendo" é a resposta que levo! Então, volto a ligar e falo, variavelmente, em Francês ou Inglês e lá me encaminham a chamada (talvez com vénia e o rabo para o ar). Lá, os meus, também levam com o "non t'entiendo" sempre que solicitam qualquer informação.
Nós em Portugal, estamos sempre disponíveis para falar pelos cotovelos, qualquer língua que nos seja solicitada! Veja-se o caso do Algarve: eles vêm, impõem a sua língua e cá estamos nós, "poliglotas", prontos para os aturar! Eu disse "estamos" mas eu não estou! Era o que faltava!!! Estou agradecido ao transeunte alemão! Não falo para estrangeiros senão em Português. Eles que se desenrasquem, mas comigo, só em Português!
Nota: O Português é a 3ª língua europeia mais falada no Mundo, atrás do Castelhano (1ª), do Inglês (2ª) e à frente do Francês (4ª), do Russo (5ª) e do Alemão (6ª). Em termos absolutos o Português ocupa a 5ª posição à frente do Francês (6ª), do Russo (8ª) e do Alemão (10ª).

RIGOR?

O tema nacional de hoje é a devolução aos partidos, por parte do Estado, do valor do IVA correspondente às verbas gastas na campanha eleitoral! Parece que isso, além de ser imoral, também é contra a lei! Dizem!!! Os iluminados vêm a terreiro explicar: uns defendem que os partidos devem ser financiados pelo Estado, sendo a verba a atribuir contemplada no Orçamento Geral do Estado (que desplante!!!), outros, que não... que deve ser de outra forma! Enfim, seja como for, quem paga é sempre o contribuinte. Agora há aqui algumas questões que devem ser colocadas:
1ª - Os partidos políticos são instituições públicas? Ou instituições de utilidade pública?
2ª - Os seus funcionários são de que tipo? Funcionários públicos ou funcionários privados?
3ª - Têm carreira? Se sim, qual a lei que a regula? Quando é que se reformam?
4ª - Devem os partidos receber dinheiro consoante o resultado que obtiverem nas eleições?
É para esta última questão que, me parece, tenho resposta em jeito de opinião: os partidos políticos devem auto-financiar as próprias campanhas e no fim, consoante o trabalho (desgastante!!!...) exercido na campanha, serem compensados, pecuniariamente, pelos resultados obtidos, mas, tendo sempre em conta, os valores da abstenção. Do mal o menos! Talvez se moralizasse mais a "coisa"! Ou seja, não há dinheiro... não há vício!
Rigor, não é? Então sejamos rigorosos!

sábado, setembro 08, 2007

MUDANÇAS

Quando este blogue foi criado (numa data histórica) tinha o objectivo que hoje mantém. Foi-se desenvolvendo, escreveram-se coisas em forma de desabafo sempre com o cuidado de não interferir em assuntos mais ou menos "complicados". Baseando-se em "notícias" ou "boatos" e até "acções" polémicas partia-se então para a crítica. Neste espaço de tempo, aconteceram algumas coisas graves, que não tendo sido aqui referidas, não passaram ao esquecimento.
A partir de hoje o "Sifrónio" passa a chamar-se "Caçoada". Parece-me mais apropriado! Mas só muda de nome, porque se vai manter fiel às suas raízes.
Cumprimentos aos leitores.

terça-feira, setembro 04, 2007

A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR

"A César o que é de César e a Deus o que é de Deus". Quando Cristo respondeu com esta frase àqueles que o interrogavam se era seu dever pagar os impostos a César, certamente lhes quis fazer entender que o que é "material" deve estar separado do que é "espiritual".
Vem isto a propósito do profano e do religioso. Estes dois conceitos confundem-se no tocante à celebração das Festas que proliferam por esse mundo inteiro. Em Portugal, quase não há festa que não tenha nome de santo agregado! Sendo essas festas, ou parte delas na maioria dos casos, de cariz profano, porquê invocar o nome de um santo para a sua realização? Não será melhor fazer a "festa da cerveja", a "festa das vindimas", a "festa da primavera" e deixar as festas religiosas confinadas aos lugares de culto?
Vivemos numa sociedade plural e dessacralizada em que a separação entre o "profano" e o "religioso" beneficia não só a democracia como o exercício da liberdade religiosa. Estes dois conceitos (democracia e liberdade religiosa) são, indissociáveis. Não é possível existir o segundo sem o primeiro. Mas há ainda, quem não perceba isso!

quinta-feira, agosto 30, 2007

O TRIO DA PASSERELLE

Li ou ouvi, nem me lembro bem, que o jogador do Sporting, Miguel Veloso, tinha sido "seleccionado" para modelo.



Veio-me à memória aquele tempo do trio de modelos que o Sporting tinha, quando era seu presidente o Dr. Santana Lopes. Então nós chamavamos-lhe o "trio da passerelle": Dany, Sá Pinto e Dominguez. (Dominguez... ih, ih, ih...).



Que o Sporting seja uma boa escola de atletas... concordo! Agora, escola de modelos?... É pá!!!

MIGRANTES, EMIGRANTES E IMIGRANTES

É claro que sei definir cada um dos termos. O que há uns anos, poucos, me fazia confusão era saber que médicos, engenheiros, economistas da Ucrânia e de outros países, trabalhavam em Portugal nas obras e em serviços de limpeza. Afinal os Portugueses fazem o mesmo lá fora (diário digital). A razão é simples: pedir ao vizinho a ferramenta emprestada (?) porque, infelizmente e apesar de precisarmos dela frequentemente, não temos dinheiro para a comprar! Então é assim:
- Ó vizinho, empreste-me aí um emprego, que eu depois devolvo-lho... se puder... claro!

terça-feira, agosto 28, 2007

FLORESTA OU MATA?

No início dos anos 90, numa das minhas passagens pelo sudoeste Francês, participei numa reunião de café, com franceses, italianos e os denominados "cidadãos do mundo" (atenção que estes são os mais esclarecidos!) sobre integração europeia e políticas económicas a adoptar por e para cada país, no sentido de atingir a denominada convergência (para os políticos parece que se centra só à volta do défice). Na altura, Portugal era caloiro nestas andanças e todas as ideias que viessem de fora (CEE entenda-se) seriam aceites como conselhos de um ancião.
Como da discussão nasce a luz, foi-se traçando o mapa: Portugal, como futuro país turístico teria que investir na indústria hoteleira e na floresta. Então e o mar?! Temos das melhores praias da Europa e uma zona económica exclusiva das maiores do mundo, comentava eu em jeito de provocação. Respondiam-me que "o mar... isso... era outra história"!
Estava-se mesmo a ver: o nosso mar seria para outras "armadas"!
Passado todo este tempo, recordo-me daquela conversa política informal, com grande saudade! Ao menos, naquele tempo havia alguma esperança. Hoje não me restam dúvidas: a floresta, que nunca o foi, é um matagal e o mar está lá à nossa espera! Grande força tem o ditado: "O futuro a Deus pertence".

quarta-feira, agosto 22, 2007

JUSTIÇA CEGA

O argumento de que a justiça deve ser cega não me convence. Na verdade Ela deve sê-lo numa perspectiva de isenção, salvaguardando as integridades de acusados e de acusadores. Mas lendo o artigo do diário digital sobre as tais viagens que o FCP pagou ou tentou pagar, ou que dizem que pagou... meus amigos, se a justiça for cega é porque não vê ou não quer ver!
Infelizmente é por este prisma que muitos vêem a justiça!

segunda-feira, agosto 20, 2007

TRANSGÉNICOS

Garanto que hoje não me apetecia nada escrever. Não havia motivo! Mas olhando de soslaio a TV, fiquei sabendo, que afinal as preocupações com a agricultura neste país, são enormes! Não com os milhares de hectares de mata que ardem todos os anos, não com os milhares de hectares de pomar e vinha que todos os anos sofrem estragos enormes, com prejuízos elevadíssimos para os seu proprietários, mas sim com uma coisa que ainda é difícil de pronunciar quanto mais de aceitar! Os transgénicos! Se me disserem que os estragos daqueles são devidos a causas naturais provocadas pelas alterações climáticas, e, que os estragos destes (transgénicos) foram um acto de vandalismo, concordo! Agora quem paga? Os vândalos? Acho bem! E as matas que ardem por causa de mão criminosa? Quem paga? Ninguém! Acho mal!
Voltem a ler o meu "post" de 28 de Março de 2007, com o título "ENERGIAS E COMBUSTÍVEIS ALTERNATIVOS". Chegareis à conclusão que as cerejas, as pêras, as maçãs e as uvas tal como os pinheiros não servem para a produção do tão almejado biodiesel. Estão a chegar os subsídios para o novo arranque da vinha. Temos que pensar no que lá se vai plantar. Como diziam antigamente na minha terra: "Tá-se mêmo a ver não tá-se?" .

sábado, agosto 18, 2007

DEPOIS DO SILÊNCIO

Depois do silêncio parece que se acordou de uma longa hibernação! Passou-se alguma coisa? Não dei por nada! A não ser aquela estória da cabra alemã que comeu 100 notas de 100€ que o dono tinha amealhado para comprar um tractor agrícola. Pois é: ao menor descuido... Mas o agricultor teve a lucidez de chamar o veterinário para fazer uma intervenção cirúrgica ao animal, para recuperar as notas e, claro, manter o animal vivo!
Isto aconteceu na Alemanha, sede do Banco Central Europeu. É curioso não é?

quarta-feira, julho 11, 2007

AVALIAÇÕES DO MÉRITO

Ontem, fiquei a saber que as avaliações do mérito na Função Pública, têm os seguintes parâmetros:
- Excelente, muito bom, bom e "esperado e adequado".
Isto foi dito na TV por um senhor que não conheço, mas que me parece ser alguém com responsabilidade na matéria. É um senhor com tiques e um penteado e óculos esquisitos, que me faz lembrar aquele que "casou" com uma americana, já velhota, mas que está podre de dinheiro e viaja sempre com malas cheias de jóias. É esse mesmo, tem um nome parecido com uma cidade. Bom, mas isso não interessa para o caso. A gente põe-se a falar e até se esquece do assunto principal.
Dizia eu que a Função?... ah, já me lembro! "Esperado e adequado". Então a que é que corresponde esta nota? Desconfio que estará acima de Excelente. Se vai haver cotas para o Excelente e para o Muito Bom, onde é que se irão sentar os "boys"? Está-se mesmo a ver! No "Esperado e adequado".

VENTOS

Não gosto do vento. Irrita-me! Seja ele de norte, de leste ou de qualquer outro quadrante. Mas admito que o vento, por vezes, tenha que soprar para nos fazer entrar nos ouvidos, mesmo aquilo que tentamos não ouvir ou não entender. E, neste caso, o vento soprou-me ao ouvido que determinado dirigente político, que faz muito vento, logrou reenviar um e-mail que tinha recebido de determinada empresa, fazendo queixinhas por ter sido preterida num determinado favorecimento, de adjudicação de serviços. Fiz o meu juízo de valor: não há nenhum político que se determine a agir sem obter nada em troca e, muito menos se não tiver "interesses" na matéria em causa.
Hoje, tive a confirmação. O dito dirigente declara 35 mil euros de rendimentos obtidos como presidente da assembleia geral duma empresa pertencente ao grupo da "empresa queixinhas". Ou seja, o senhor recebe 2500 euros por mês de uma empresa, privada é certo, mas que trabalha (em prestação de serviços) para empresas públicas. Em conclusão, lá vamos concluindo, que a conclusão a que se chega (assim mesmo com redundâncias) é que o contribuinte, independentemente de privatizações ou de nacionalizações, há-de ter sempre o mesmo estatuto: CONTRIBUINTE.

quinta-feira, junho 28, 2007

A CLASSE SEM CLASSE

Mais uma tirada infeliz de um governate. Interrogado sobre o que fazer com um saco de medicamentos que sobrou de um doente oncológico falecido, o ministro da saúde teve a seguinte saída: Dê-se aos pobres. E tem razão. Os pobres precisam, não só das sobras dos medicamentos oncológicos como também de antidepressivos, antipiréticos, anestesiantes e também, porque não, de alguns alucinogéneos. Só fortemente medicado é que o pobre pode andar indiferente, a tanta falta de pudor, a tanta arrogância, a tanto desprezo a que é votado. São anedotas atrás de anedotas que estes senhores fazem questão de nos contar, sem no entanto terem a classe de nos fazer rir. São anedotas banais, de baixo nível e sem graça nenhuma.

terça-feira, junho 26, 2007

ESPERTEZA SALOIA

A Madeira reivindica maior autonomia. No entanto essa autonomia não passa pela Defesa, pela Segurança nem pelas Relações Exteriores. Não que isso só dá prejuízo e estão cá os continentais para pagar! Em resumo: receber e nada dar em troca! Nem que sejam bananas! Mas este lema esteve sempre presente lá para aqueles lados: alimentar-se dos impostos alheios e invocar a insularidade para não os pagar! Seria melhor que apresentassem uma proposta de referendo nacional, propondo ao povo a "autonomia geral, completa e sem retrocesso" daquela região. Era mais um referendo e com grandes probabilidades de passar! Esperteza saloia!!!

segunda-feira, junho 25, 2007

OTA OU ALCOCHETE?

Descobriu a pólvora. O empresário detentor de 650 hectares de terreno na Ota afirmou que o estudo sobre o aeroporto em Alcochete, foi encomendado por empresários com interesses na área. Chama-lhe p*** filha, antes que ela to chame a ti!

FEDERAÇÃO EUROPEIA?

Decorreu com grande azáfama, a reunião dos Chefes de Estado e de Governo dos 27 países da UE, que se traduziu na pressa de encontrar um acordo que se transforme posteriormente num tratado europeu. Que tratado? Sabíamos qual era a posição da Polónia (querer mandar também), que na hora H, recuou. Não se sabe, no entanto o que é que foi dito, principalmente pela representação Portuguesa. Não estarão os políticos da UE, a tentar, nas costas dos povos, levar por diante aquilo que em alguns países desta mesma União, já foi chumbado? Estarão os políticos europeus mandatados para fazerem aprovar um "tratado europeu" sem consultar os povos? Esperemos para ver!

quinta-feira, junho 21, 2007

SINAL DOS TEMPOS

No Hóquei em patins, Portugal foi hoje eliminado nos quartos de final do Campeonato do Mundo 2007, pela Suíça. Nunca a Selecção Portuguesa tinha sido afastada das meias finais, quanto mais pela Suíça! Sinais dos tempos? Talvez!

No apuramento para os Jogos Olímpicos de Pequim, também os Sub21 foram hoje eliminados. Sinais dos tempos? Claro que não! Enquanto no Hóquei a tradição já não é o que era, no Futebol a tradição mantém-se.

No Futebol como na Política, os malabarismos continuam. Não se vislumbra qualquer sinal de melhoria! Como dizia o outro: "o povo é sereno". Há oito séculos que permanece essa serenidade. Aquela serenidade do caracol que ao subir o muro escorrega quase sempre para o mesmo lugar e ao mínimo sinal de perigo aparente, se recolhe para dentro da casca. A canção diz que "já não há heróis" e eu acrescento "nem heroínas". Não há Maria da Fonte que nos valha! Sim, porque se agora aparecesse alguma Padeira de Aljubarrota, seria corrida à vassourada!

terça-feira, junho 12, 2007

A FESTA CONTINUA

Abriu a época festiva e se o "Zé" anda preocupado com o futuro, ao menos nesta altura, até finais de Agosto não haverá motivos para grandes depressões e até haverá ocasião e vontade de soltar umas valentes gargalhadas. É que a festa continua!

Descobri agora, passados uns largos anos, que afinal a evolução das línguas é mais rápida que o próprio TGV dos nossos horizontes a médio prazo. Nos meus tempos de liceu, quando estudei Francês, jamais (lido jámé), significava "nunca, jamais, em tempo algum...". Parece que com a evolução da língua passou a significar "talvez"! Pode ser que aquele "jamais", usado pelo sr. ministro, não seja Francês mas sim Inglês... técnico... daquele que se estuda em Engenharia Civil! Como nem a engenheiro cheguei, também não faço a menor ideia!

De qualquer modo, o que interessa, sem pôr em causa a "independência desinteressada" (ai que vontade de rir!) da entidade que elaborou o novo estudo, é que os aeroportos podem ser construídos nos desertos, até porque em caso de acidente, o perigo é mínimo. Não vá o diabo tecê-las e cai um avião?! Num deserto o problema será sempre menor: Só por azar é que cairá em cima de alguma cáfila.

quarta-feira, maio 30, 2007

GREVE GERAL

Hoje foi dia de greve geral, uma coisa que já não havia há cinco anos! E, mais uma vez, o governo e os patrões estão em desacordo com as centrais sindicais (neste caso só uma!) no que diz respeito aos números de adesão. Como regularmente, os números de um dos lados somados aos números do outro dão 100%, o Carvalho da Silva tem razão ao não divulgar os seus. É que o governo antecipou-se ao anunciar 12,8%. Perante este indicador facilmente se chega aos números da CGTP.

quinta-feira, maio 24, 2007

AI QUE RISO... AI QUE RISO!

"Ai que riso... ai que riso, vão a coisas do País". Este era um verso que o Badaró usava numa canção de um programa que ele tinha, há uns bons anos, na TV.
Primeiro vem um e diz que a "margem sul do Tejo é um deserto". Ora num deserto há beduínos e camelos. Tomando isso como permissa, este país é todo ele, um deserto: beduínos no poder, camelos a votar.
Depois vem outro, totalmente "démodé" (aquele que veio reivindicar aumento de vencimento para os deputados, coitadinhos que andavam rotos, descalços e com fome...) lembrar uma coisa que está na moda: o terrorismo.
Que eu saiba, os terroristas não "dinamitam" pontes, mas sim edifícios, aviões... Mal estaria qualquer habitante deste mundo, que morasse do outro lado do rio.
E portanto: Ai que riso... ai que riso!
Como aquela anedota do menino Carlinhos: Sabe Sra. Professora, lá em casa como somos pobrezinhos e não temos televisão, o meu pai peida-se e a gente ri-se!
Por cá, os gajos peidam-se e a gente vai-se rindo... por enquanto!

PROVAS DE AFERIÇÃO

As provas de aferição a que estiveram sujeitos, anteontem e hoje, os alunos dos 4º e 6º anos de escolaridade, não contam para nota (?!!!). Servem apenas, para o Ministério fazer um diagnóstico dos conhecimentos adquiridos pelos alunos às disciplinas de Português e Matemática.

Se não contam para a nota final, não terá o Ministério outra maneira de fazer o tal diagnóstico? É necessário fazer passar crianças com idades compreendidas entre os 9/10 e os 11/12 anos, pelo "stress" de um exame nacional, sem terem sequer direito ao aproveitamento obtido nesses exames? O resultado desses exames não se tranformará, única e simplesmente, em dados para os milhares de estatísticos deste país terem acesso fácil? (Sabemos que é para isso e muito mais!!!)

Se assim for, e deixando de lado outras consequências, não estaremos perante um caso de mão de obra barata e exploração do trabalho infantil?

Há décadas que se fazem diagnósticos no sector da educação, tendo o seu resultado indicado que os alunos Portugueses são os piores da Europa, senão do mundo, a Matemática, já que a Português não há dados para comparar! Depois deste diagnóstico espera-se que o Ministério encontre o "medicamento" ajustado! E, que esse "medicamento" não tenha contra-indicações, porque de estatísticas, já estamos fartos! E de idiotices, também!

terça-feira, maio 15, 2007

QUEM FICA COM AS MAIS VALIAS?

Quem compra uma casa, a usa durante cinco, dez, vinte ou mais anos e a vende para comprar outra maior ou melhor (porque para melhor muda-se sempre) está sujeito (condenado) ao pagamento das ditas mais valias. Porquê? Porque vendeu, por um preço superior ao da compra (regra geral). Então, a diferença entre o preço de venda e o preço de compra é considerada "mais valias" e, por isso, taxada pelo Estado.

Mas vamos ao fundo da questão, com um exemplo que é a base de milhares, senão de milhões de casos: A casa (apartamento) foi comprada com recurso ao Crédito à Habitação (o que, actualmente, está ao alcance de uma pequena minoria). Custou 80.000€ há uns anitos e, o banco, como eu sou um "tipo porreiro" fez-me um "spread" baixo e aplicou-me uma taxa de juro anual de 3,15%, indexado à Euribor a três meses (porque o juro está a subir. Se estivesse a descer, como eu sou um "gajo porreiro" o banco aconselhava-me a euribor a seis meses) e emprestou-me o dinheirito na totalidade, porque eu sou um "gajo porreiro".

Fiquei encantado da vida porque consegui um empréstimo que nem toda a gente consegue e o banco até me deu "facilidades"!
Ao fim de cinco anos preciso de mudar de casa e então consigo vender o apartamento por 90.000€ (a casa desvalorizou mas a inflacção deu uma ajudinha). Fazendo as contas: tirando o preço de custo (80.000€) ao da venda (90.000€) dá um lucro de 10.000€. Contas fáceis! É a este lucro que se chama "mais valias". Tenho que as declarar no IRS e pagar à volta de 750€ de imposto (mais ou menos... coisa pouca). Entretanto, o banco já me penalizou em mais 3% sobre o restante capital em dívida que eu amortizei (não cumpri o contrato do empréstimo que era de 25 anos).
E agora vem o mais sério: Enquanto eu estive cinco anos a usufruir do apartamento estive a pagar os juros acima referidos (Então? Tínhamo-nos esquecido?). Feitas as continhas, paguei de juros ao fim destes cinco anos, 11.788,23€. Espantoso! E eu que tenho o "privilégio" de ter direito ao crédito!

Então que pôrra é essa das mais valias? Então que merda de lucro é que eu tive para ter que pagar os 750€ que somados aos 11.788,23€ dos juros dão um total de 12.538,23€? Tirando os míseros 10.000€ (as mais valias) chego à conclusão que nem tenho casa nem dinheiro para dar de entrada para outra! Andei cinco anos a ser espoliado! Fiquei com saldo negativo de 2.538,23€! Fui roubado e estou na rua!

No entanto continuo a ser um "gajo porreiro" e a ter direito ao crédito! Formidável!

quarta-feira, maio 02, 2007

LEI ANTI TABACO

Concordamos plenamente com a nova "lei anti-tabaco"! Há acima de tudo, que preservar a saúde das pessoas. Agora conseguimos entender a perspectiva do Governo: não serão necessários hospitais e centros de saúde se cortarmos o mal pela raíz. Faz-se uma lei contra determinado hábito, vício, produto ou substância causadora de doença e já está, damos mais uns anitos de vida ao contribuinte e temos o pagamento dos impostos garantido. Além disso, como o pobre coitado não bebe, não fuma, nem f*** é um indivíduo saudável e por isso não necessita de cuidados de saúde, não é?

Já quem parece não estar de acordo é aquele "rapaz" alto e loiro que faz uns comentários na TV privada e que dizem é também escritor (de autores portistas só conhecemos a Carolina Salgado), dando-se ao desplante de afirmar que "a praga dos restaurantes são os miúdos". Abstemo-nos de fazer qualquer comentário, tal como fazemos com os seus livros, porque não os lemos. Ignore-se!

Mas voltando à lei anti tabágica, queremos dar um contributo ainda maior para a saúde dos portugueses propondo um decreto-lei que proíba a entrada em locais públicos fechados, àquelas senhoras que fedem a perfume barato e que nos deixam quase bêbados e mal dispostos logo de manhã. Que tal? Já agora que estão com as mãos na massa...

quarta-feira, abril 18, 2007

INDEPENDÊNCIA E ESTADO DE DIREITO

Por Independência entende-se a "desassociação de um ser em relação a outro, do qual dependia ou era por ele dominado; É o estado de quem ou do que tem liberdade ou autonomia". Se esta é a definição de Independência, já para o Estado de Direito não se encontram definições precisas.

Então que Estado e que Direito? Os dos políticos? Os dos Magistrados? Os de ambos?

Há que esclarecer isso muito bem, para evitar confusões na cabeça do comum cidadão!

Tendo em conta os últimos acontecimentos, quer a nível político-administrativo quer a nível judicial, a ideia com que se fica é a de que "nem há estado nem há direito"! E porque o direito de que se fala é aplicado em Portugal, escrito em Português, das duas uma: ou o legislador escreve torto por linhas direitas ou o "executor" não sabe ler! E isso é grave, muito grave!

Nós esclarecemos a que casos nos referimos:
1- O caso Universidade Independente e todas as suas consequências.
2- O caso das dívidas ao fisco do Sporting.

Haja vergonha!

quarta-feira, março 28, 2007

ENERGIAS E COMBUSTÍVEIS ALTERNATIVOS


Há décadas que pessoas responsáveis vêm alertando para os perigos da poluição e do esgotamento dos recursos naturais. Há décadas que os Amigos da Natureza chamam a atenção do mundo, principalmente dos países desenvolvidos (aqueles que maior responsabilidade têm nesta matéria), para o problema. Há décadas que membros de associações ambientalistas são incomodados, perseguidos, e até presos.

Surge agora, o interesse pelas energias limpas (isto é, sem petróleo). Porquê só agora o "poder" ou a "ordem mundial" toma consciência ambiental? Surgiu uma "nova ordem"? Ou porque o "amigo americano" se interessou por tal matéria? Talvez! Mas também e outra vez, o lobo vem disfarçado de cordeiro.

O interesse neste tipo de energia é, pura e simplesmente, económico. Vejamos o caso do biodiesel (produzido a partir de óleos vegetais), etanol e outros produtos refinados. Pois bem, no caso do biodiesel, exige-se cultura intensiva (as economias de mercado assim aconselham) de girassol, colza, milho e outras oleaginosas, utilizando enormes quantidades de fertilizantes químicos e pesticidas, com estrondoso impacto nos lençois freáticos e correntes superficiais com a consequente contaminação, irreversível, da água. Já no caso do etanol, além dos problemas causados pela cultura intensiva da cana do açúcar, por exemplo, são necessários quatro litros de água para produzir um litro de ácool.

Quem cultiva/subsidia? Obviamente, as grandes multinacionais ligadas também à produção de produtos químicos para a agricultura e dos "famosos" transgénicos.

A energia e os combustíveis tornar-se-ão mais baratos? Claro que não! E já temos exemplos.

E o bem mais precioso do mundo, a água? Pois, por enquanto vai-se camuflando com aditivos para habituar o "Zé" aos novos sabores e se o petróleo pode demorar pouco mais de uma década a esgotar, a água nem de tanto tempo precisará!

Há solução? Claro que há, basta para isso admitir o óbvio: O sol, o vento, as marés e as correntes (marítimas ou fluviais) são, quer se queira, quer não, as grandes fontes de energia! É preciso aproveitá-las, mas... com racionalidade!

quinta-feira, março 22, 2007

INSINUAÇÃO LAMENTÁVEL?

Segundo a imprensa de hoje, o senhor PM classificou de "insinuação lamentável" a notícia acerca da sua "licenciatura". Pois senhor PM, está na hora de agir e não de tecer comentários! Onde está a sua coragem? Aquela coragem que mandou para a Aposentação Compulsiva, o polícia que o mandou para o Quénia? Aquela coragem que mandou o MDN dar ordens às chefias para castigarem os militares que, orgulhosamente exibiram o seu uniforme, naquele passeio que os senhores apelidaram de "manifestação"? É dessa coragem que o senhor deve puxar para mandar instaurar um processo judicial por "insinuação lamentável" aos jornalistas que fizeram saír a tal notícia que afinal é uma "insinuação". Porque não o faz? Tem medo dos jornalistas ou afinal não há nenhuma insinuação? Coragem homem!

quarta-feira, março 14, 2007

AFINAL, É OU NÃO É ENGENHEIRO?


Saíu n' "O Crime" de 8 de Março uma notícia que põe em dúvida o facto de o "Zequinha" ser ou não engenheiro. Parece que se ficou por um bacharelato, mal tirado e todo o resto são "tretas"!
Agora pergunto eu: Qual é o problema? Para se ser PM é preciso ter habilitações? E para ser político? Não está em causa que lhe chamem engenheiro... já ouvi chamar-lhe outras coisas e também não sei se o é... Afinal o que interessa aqui é a verdade! E para restabelecer a verdade e a ordem, aí está: "A história (não será estória?) que nunca foi contada". Parece-me ser uma boa obra, ao jeito de "Eu Carolina"! Ao invés, estamos perante um caso de culto de personalidade e qualquer dia damos por nós a contemplar a estátua ao "Zequinha", em Vilar de Maçada, para começar!

sexta-feira, março 09, 2007

PODE LÁ SER?

Pode lá ser que o governo queira retirar os dias de férias que um governo quase igual a este deu? Pode lá ser que o governo queira obrigar os funcionários públicos a trabalhar mais horas? Pode lá ser que o governo mantenha as progressões nas carreiras congeladas eternamente? Então e as mordomias do poder político? O orçamento da Presidência da República é, com este PR, superior em 12% ao do anterior! Este PR acumula três vencimentos superiores a 2500 euros cada, com o vencimento de PR! Pode lá ser? Apertar o cinto? Há trinta anos que o andamos a fazer! E o Poder Político, quando é que começa?

Enervo-me ao ouvir comentários do género: "Alguém tinha que fazer isto". "Pôr ordem na casa". "Ele tem coragem"!

Mas como é que nos podemos resignar, perdendo direitos? A favor de quem? Já viram algum corajoso "bater" nos mais fracos? É coragem ou cobardia? Ele que "bata" nos mais fortes (políticos, Sonaes, PT's, EDP's etc.) e então aí chamem-lhe valente! E já agora falemos das reformas que ele tem feito: Reforma da Saúde (fecho de maternidades, unidades de urgências, etc.), Reforma do Ensino (fecho de escolas), Reforma da Defesa (venda dos quatéis militares), Reforma da Economia (centenas de milhar de trabalhadores para o desemprego, fecho e deslocalização de dezenas de empresas) Reforma da Administração Pública (congelamento da progressão nas carreiras que já dura há dois anos, 150 mil manifestantes em Lisboa) e podíamos estar aqui até amanhã a falar em "reformas" que estes tipos têm feito!

Por este andar, qualquer dia estas reformas ainda chegam à Presidência da República (fecho), à Assembleia da República (fecho), aos ministérios (a maioria que bem podia já ter fechado!) e entrega-se isto ao Rei de Espanha, que já cá viveu e conhece bem os Portugueses.

terça-feira, março 06, 2007

PALMAS

Tiro o meu chapéu ao Juiz do Tribunal de Gondomar! Finalmente hoje começou a fazer-se justiça! Será? Quando é que prendem o "papa"? Que o apito dourado se transforme na maior prova de combate à corrupção e ao "crime de colarinho branco"! Palmas!!!

terça-feira, fevereiro 27, 2007

MAIS UMA PARA PENSAR

Não costumo ouvir as notícias vulgares com muita atenção. Ouço-as assim como um ruído de fundo, como o barulho num sítio público. Mas desta vez uma tal Universidade Independente está a ser palco de notícia, por causa dos reitores e dos vice-reitores e dos donos e dos advogados dos reitores e dos donos e dos vice-reitores, enfim uma confusão! (pensava eu, que sou ingénuo). Só que toda esta gente anda misturada com... diamantes! Pode ser que sejam falsos! Até podem ser! Quem sou eu para dizer o contrário? Hem? Mas então porque é que a maioria das acções da dita cuja, pertencem a Angolanos? Porque não a Moçambicanos? Ou a Guineenses? É que eu também ouvi dizer que em Angola é que havia diamantes (e eu acredito em quase tudo!). E de repente veio-me à lembrança aquela situação de um conhecido político da nossa praça ter caído juntamente com um avião em Angola(Jamba) e que disseram que era por causa dos diamantes! E que a mãe dele se tornou católica por causa do milagre de ele ter ficado vivo e, acima de tudo, continuado na política! Não sei, mas que disseram... disseram!

Agora a sério: O que eu não sabia era que o nosso Primeiro tinha concluído o curso de engenharia civil naquela universidade! Ó meu Deus! Que mais me irá acontecer? Eu que pensava que o homem tinha estudado nas melhores Universidades Públicas! (Sim públicas, ou há dúvidas que as melhores são as públicas?) Agora entendo porque é que ele tem horror à "coisa pública"! Deus lhe perdoe porque eu não consigo!

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

CATÁSTROFES

Gostaria de chamar a atenção aos comentadores de gabinete, para que quando pensarem em falar nos militares (e noutras forças de intervenção que dão o corpo ao manifesto nas tragédias que infelizmente ocorrem neste país, muito por culpa da conversa em vez de acção), batam na boca antes de dizer asneiras e mentiras avulsas! É que qualquer "monte de cócó" tem a mania de desancar a torto e a direito, muito por culpa da sua própria falta de formação, informação e também memória. Tivemos o exemplo do naufrágio da Nazaré. O que aconteceu foi unica e simplesmente por culpa de quem? Provavelmente do armador (dono do barco). Onde é que estavam os coletes de salvação individual? São obrigatórios! E a jangada pneumática que abre automaticamente em caso de naufrágio e é um meio de salvamento colectivo (dá para 10 pessoas)? É obrigatória! E por que motivo é que o barco andava a arrastar quase na praia? É proibidíssimo!!!
Sei a resposta mas não a dou porque tenho mais vergonha que essa gente incluindo aquele "pascaço" que se dizia representante dos pescadores e famílias (mais um chulo!) e veio a Lisboa ser "recevido" pelo "sinhor" ministro!

Não é necessário recuar trinta e tal anos, basta começar pelas cheias no Ribatejo, passando pela Ponte de Entre-Os-Rios para chegar agora ao comboio do Tua. Tomaram atenção ao que viram? Quem foram, são e serão aqueles que dão o corpo ao manifesto, com os riscos que isso implica? Sempre os mesmos "desgraçados"! E quem é que aparece na televisão para "cagar a posta" sobre o assunto? Sempre a mesma "cambada"! E os comentadores de gabinete à espera para ver se alguma coisa corre mal! Vão trabalhar!

segunda-feira, fevereiro 12, 2007

CRIAÇÃO

Criei este blog no dia 11 de Fevereiro de 2007, dia de Referendo Nacional para a despenalização da interrupção voluntária da gravidez até às 10 semanas. Ganhou o "Sim" com 59% dos votos e com uma abstenção de 56,4%. Saltaram logo os políticos a reclamarem vitória de parte a parte, como de costume! Durante a tarde o Presidente da República, Prof. Cavaco Silva veio a público afirmar que os referendos são necessários para convidar os Portugueses a participar quando os assuntos "são de maior importância para o País". Apetece perguntar: Então e os deputados? Estão ocupados com os assuntos de menor importância? Assuntos de "lana caprina", tais como o emprego, a segurança social, a educação?

NATUREZA

Ocorreu hoje, às 10 horas e 36 minutos de Portugal Continental, um sismo 160 Km a SW do Cabo de S. Vicente. Fez-se sentir em Lisboa, foi rápido (4 a 6 segundos) mas forte (magnitude 5,8 na escala de Richter). Há 30 anos que não se sentia um "abanão" assim.

SOCIEDADE

Fez-me rir aquela intervenção do Juiz jubilado (caducado!) que não lembrava ao mais inculto cidadão, afirmar perante as câmaras da TV aquela barbaridade sobre o pagamento do processo do pedido de Habeas Corpus para o Sargento Gomes. Realmente apetece perguntar se alguma vez a justiça esteve bem neste país! Com cromos daqueles! Já agora, Sr. Doutor Juiz, permita-me um desabafo que se diz na minha Terra: vá p'ró lume!

POLÍTICA

Não deixa de criar alguma preocupação, o facto da última adesão do Povo Português às urnas, se traduzir em mais de 50% de abstenção! Será que os políticos estão atentos? Ou será que essa abstenção lhes interessa? Como diz o povo: "quem cala... consente!" e "quem não aparece... esquece". Será que o nosso povo está assim passados 30 anos? É mau presságio, porque a última maratona durou 48!!!
Também não deixa de ser preocupante constatar que os jovens se alheam daquilo que por direito lhes assiste, a eles e a nós: a participação cívica.
A "esperar para ver o que dá" normalmente dá em nada. A juventude tem uma palavra a dizer, já que o futuro lhe pertence.

DESPORTO

No sábado 10/02/2007, o meu Benfica foi eliminado, pelo Varzim (2-1) para a Taça de Portugal. Dos grandes, só o Sporting continua em prova, já que o F.C.P. tinha sido eliminado pelo Atlético (1-0) nas Antas.