quarta-feira, maio 21, 2008

O "PEIDO DA VACA"

Por favor, vejam primeiro o vídeo e depois leiam!


"As autoridades da Estónia, criaram uma taxa para a flatulência das vacas, que deve ser paga pelos produtores pecuários. A medida serviria para compensar a emissão de metano gerada pelos gases dos animais, segundo o diário online 'Ananova'.
Os produtores começaram a receber nesta semana as primeiras cobranças do 'imposto do peido da vaca'. Uma única vaca é capaz de gerar 350 litros de metano e 1,5 mil litros de dióxido de carbono por dia através das flatulências. Segundo as autoridades, a pecuária é responsável por 25 % da emissão do gás no país".


Perante estes factos, de que é que este país (Estónia) está à espera? Uma fonte produtora de energias alternativas com baixíssimos custos de produção, não se pode desperdiçar!


A técnica está em armazenar o gás, logo à saída do cu da vaca: aplicar-lhe um balão de recolha de gases, com separadores para metano e CO2, com capacidade para 1850 litros diários, podendo-se usar balões com menor capacidade consoante a disponibilidade de troca diária, com um contador (peidómetro) acoplado, que serviria para determinar a taxa a aplicar ao produtor!


Aposto que após a leitura deste post, já há inventores, principalmente portugueses, a esfregar as mãos pensando no lucro rápido que lhes vai dar a ivenção do "APREPEVA" (Aparelho Recolector do Peido da Vaca).


Mas atenção... A ideia foi minha!

8 comentários:

Arnaldo Reis Trindade disse...

A minha parte fisíco/cientista/inventor adorou a tua idéia.
Vou ver o que posso fazer, assim ganharei muito dinheiro com os produtores de peido,que começaram a criar vacas e dar pra elas remédios para aumentar os gases.
Darei uma procentagem para tí amigo.

Abraço

P.S.
aqui no Brasil tem tanta vaca que seria muito bom pro Governo se resolvessem criar o imposto sobre peido de vaca aqui, pena que a corrupção iria transformar as vacas em um plantação de laranjas.

Carminda Pinho disse...

Ahahahah!!!
E eu serei testemunha...a ideia foi tua mesmo.:)))

Abraço

carla m. disse...

Estás esperando o que para registrar a patente do invento?!

E não te esqueças de com o tempo criar inovações e adaptações...

Silvinha disse...

Nossa, eu me pergunto é como os indianos pagariam um imposto desses!!!

Obrigada pelas visitas! Voltarei no seu espaço mais vezes!

X)

Carlos Rebola disse...

Olá Sifrónio

Já estou a ver os states a dizerem que a culpa do actual problema de aquecimento global foi culpa dos índios que não conseguiram dizimar os biliões de "bisontes" que existiam nas pradarias que os pioneiros ocuparam, travando (eliminando os bisontes) o que podia ser uma catástrofe hoje.
Os americanos já há muito que incorporam o peido da vaca nos hambúrgueres que exportam para todo o mundo.
Quanto ao "APREPEVA" deves registar a patente, mas no estrangeiro. Porque senão além das loucas ainda vão ser voadoras, as "vacas de balão no cú".
Os estudos que eles fazem, “mudança de paradigma energético”…

Um abraço
Rebola

Arnaldo Reis Trindade disse...

Indianos tornariam as vacas ainda mais sagradas já que parece-me que não haveriam impostos por peido de vaca na India se eu e o Sifrónio vendessemos para eles nossa maquina de fazer dinehrio

Abraço gente

Meow disse...

Mas que bela ideia, Sifrónio! As vaquinhas dão leitinho, chichinha e ainda gás. Aproveitemos esta energia alternativa!

aluizio disse...

brother..... parabéns pela ideia.... tenho o domínio www.peidodavaca.com.br se tiver interesse.... podemos ser sócios.... vamos ficar milionários.... se tiver algum invento para comercializarmos flatulências de humanos,meu sócio é muito bom nisso ... abs