quarta-feira, janeiro 21, 2009

O SIFRÓNIO FOI AO FOTÓGRAFO

O Sifrónio foi ao fotógrafo. Não para tratar do Cartão do Cidadão, mas porque mudou de visual. E como estamos em pleno "carnaval político", que este ano será muito longo, não haverá muitos motivos para caçoar. Quem alguma vez criticou o carnaval foi levado a sério? "É Carnaval, ninguém leva a mal" diz o povo. Entretanto vai-se aproveitando a "sota". Enquanto durar o "põe máscara, tira a máscara" o Sifrónio vai tratando da aparência física. Não zurra nem escoiceia. Não há motivo. Num mundo de mentirosos, caçoaremos quem se apresente a falar verdade. De resto... deixamo-nos estar!

2 comentários:

carla m. disse...

Acredite, pode ser pior e melhor ao mesmo tempo. Você não conhece o carnaval no Brasil. Por aqui, todos esperamos ele passar, por que depois é que o ano começa.

abraço,

carla m. disse...

ah, ia me esquecendo, nestas horas recomendo Elis Regina em sua interpretação gloriosa da música "Um por todos" em Falso Brilhante.

Lembra como o que deveria ser o ato mais sério de cidadania vira farra.